Motivação na prática

Motivação!
O que é isso na prática?
“A palavra motivação vem do Latin “motivus”, relativo a movimento, coisa móvel. Assim, a palavra motivação, devido a sua origem, significa movimento. Quem motiva uma pessoa, isto é, quem lhe causa motivação, provoca nela um novo ânimo, e ela começa a agir em busca de novos horizontes, de novas conquistas”*.

 

Promover a motivação no ambiente de trabalho requer uma série de técnicas e muita observação e tato dos gestores. Conhecer o perfil dos funcionários e aquilo que realmente vai motivá-los é o primeiro passo para definir as ações de um plano de motivação com foco em resultados. O palestrante de motivação, Professor Portare, ilustra esse tema trazendo técnicas que podem ser utilizadas em diferentes tipos de corporações.

Em sua experiência à frente de empresas de diversos segmentos e tamanhos, e trabalhando como consultor e palestrante, Portare indica que o gestor que reconhece o perfil dos funcionários pode separá-los em grupos para realizar certas tarefas, portanto, o tímido não deve ser alocado para falar em público e o vendedor agressivo não deve ser posto para realizar trabalhos burocráticos por longos períodos.

Isto posto, passemos às ações práticas que podem ser o estopim de uma equipe motivada, com um fluxo de trabalho adequado e planejado:

1-    Avalie sempre o desempenho de seus funcionários, dê em seguida o feed back e comunique publicamente os resultados positivos. O reconhecimento é um importante fator de motivação. Para isso você pode criar um sistema simples de avaliação, em que o gestor estabelece a tarefa, dá uma nota após seu cumprimento, o funcionário também se auto-avalia e, após uma breve comparação, chega-se ao feed-back. O feed-back positivo deve ser distinguido e comemorado, as pessoas sentem-se compelidas a querer também aquela posição de vencedor, os bons resultados alcançados pelo colega e o reconhecimento.

2-     Demonstre sempre a perspectiva de crescimento para seus funcionários. Mostre o que eles podem alcançar com o resultado de seu trabalho. Incentive os melhores resultados com prêmios (que podem ser desde uma caixa de chocolates, até bônus, de acordo com cada orçamento e perfil profissional); cursos, treinamentos pagos, para que as pessoas percebam que estão crescendo e sendo apoiadas para esse crescimento. Hoje em dia, segundo o palestrante de motivação, muitas pessoas são mais motivadas por esse desenvolvimento pessoal do que meramente por um bom salário.

3-    Substitua funcionários que não estão reagindo aos estímulos e não estão buscando novos resultados. A motivação geral muitas vezes pode ser atrapalhada por pessoas muito desmotivadas na equipe. Realoque, dê chance para que a pessoa possa demonstrar sua mudança de atitude, mas isto não ocorrendo, busque novos ares.

4-    Estabeleça metas e se elas forem temporárias e bastante agressivas, faça um plano para sua realização. Realize um evento para marcar o início do processo, faça uma abertura que provoque uma mudança de sentimento, como um vídeo ou uma palestra de motivação. Durante esse período, estabeleça prêmios relâmpagos, mude a decoração das salas, utilize cores quentes e até som ambiente diferente. Ao final do período, premie os melhores resultados e marque o final dessa ação com um novo evento. E cuidado, este deve ser um momento também para avaliação e nova motivação!

Estas e outras dicas de motivação você pode conferir nas palestras de motivação e vendas do consultor e palestrante Portare. Entre e contato e confira como ele pode ajudar a sua equipe a atingir novos resultados!


*Fonte: NAKAMURA, Cristiane; FORTUNATO, Josiane; ROSA, Lúcia Maria e outros. Motivação no Trabalho. Trabalho do Curso de Administração da Faculdade de Maringá – PR, 2005.